fbpx

Entenda a importância do conteúdo humanizado para o seu negócio

Conteúdo humanizado é uma estratégia que ajuda a empresa a se comunicar melhor com o público-alvo. Essa prática foi desenvolvida assim como muitas outras estratégias de marketing para que a marca possa nutrir, educar e atrair os clientes.

No entanto, para investir em conteúdo humanizado, é necessário estabelecer métricas que mostram o desempenho da estratégia, só que o marketing de conteúdo é algo que está acima de números e indicadores de desempenho.

Quando o negócio investe nessa estratégia, seu objetivo é atender as necessidades das pessoas e despertar sentimentos, como necessidades e vontades. Isso acontece porque o comportamento do consumidor se baseia nesses aspectos.

A organização cria conteúdos humanizados e que conseguem conversar diretamente com a audiência, terá mais facilidade para engajar, encantar e converter. Só que muitos gestores e empreendedores têm dúvidas na hora de fazer isso.

É fundamental conhecer um pouco mais sobre o assunto para que o conteúdo e toda a comunicação da companhia sejam humanizados.

Sendo assim, este artigo vai explicar o que é conteúdo humanizado, como implementar essa estratégia e qual é a importância de humanizar os conteúdos.

O que é conteúdo humanizado?

Conteúdo humanizado é um recurso que permite à empresa se conectar com as necessidades, interesses e emoções de sua persona, para criar um relacionamento de confiança ao longo do tempo.

São materiais que entendem a realidade do público, uma vez que essas pessoas estão no centro da estratégia, e entrega um valor para elas.

O conteúdo humanizado trabalha dessa forma porque isso faz parte da experiência humana, portanto, a principal preocupação em produzi-lo é o indivíduo em si e sua experiência com a marca.

Em outras palavras, uma companhia especializada em polimento e revitalização de pintura não pensa apenas no consumidor. Na verdade, ela sabe que está se conectando com pessoas e que elas também querem uma aproximação humana.

Como implementar conteúdos humanizados?

Para implementar conteúdo humanizado nas estratégias de comunicação da marca, é necessário seguir alguns passos importantes. São eles:

Conhecer a persona da marca

Persona é um personagem semi fictício que representa as características do cliente ideal do negócio, reunindo aspectos como:

  • Idade;
  • Gênero;
  • Profissão;
  • Escolaridade;
  • Estado civil;
  • Problemas;
  • Desejos;
  • Necessidades.

Essas e muitas outras características fazem parte da persona e para saber quais são elas é necessário fazer uma pesquisa sobre o público-alvo do negócio e sobre os clientes atuais.

Criar a persona é fundamental para direcionar as estratégias de marketing e vendas, e é conhecendo as características das pessoas que têm potencial para o negócio que vai ficar mais fácil humanizar a comunicação com elas.

Investir em slow content

Os conteúdos criados por uma empresa de alarme monitorado são humanizados porque prezam pela qualidade e não pela quantidade.

Para alcançar esse nível, os negócios devem investir em slow content, um tipo de material criado de maneira mais leve, que envolve pesquisas profundas para desenvolver melhor as ideias.

Quando trabalha desse jeito, a marca passa a entregar para o público materiais bem escritos e feitos exclusivamente para eles. Nada é feito às pressas e na correria.

Mostrar os valores da empresa

Para humanizar ainda mais os conteúdos, nada melhor do que falar sobre os valores da marca, algo que também acaba humanizando a empresa.

Hoje em dia, os negócios precisam ter um posicionamento para que as pessoas possam se conectar com eles, principalmente quando os valores compartilhados pela organização são os mesmos do público.

A marca pode criar projetos sociais ou ambientais que apoia e explicar por que é a favor da causa e até mesmo oferecer treinamentos para seus colaboradores.

Escolher um bom tom de voz

É muito importante saber se comunicar com os consumidores e a linguagem usada é algo fundamental nas relações do dia a dia.

Assim como no caso das pessoas, as empresas também precisam saber usar o tom de voz correto para conversar com o público e oferecer conteúdo humanizado.

Cabe a um fabricante de acessório para cortina de sala descobrir o jeito certo de conversar com as pessoas e fazer com que elas queiram manter essa conversa.

Ter empatia

Para que o conteúdo seja humanizado, ele precisa ser insensível e demonstrar que compreende as necessidades das pessoas.

A organização precisa de informações reais sobre os consumidores e são essas informações que serão transformadas em materiais empáticos, capazes de se conectar com o público.

Para gerar empatia, nada melhor do que usar os dados que o negócio possui e se basear neles para criar conteúdos que vão esclarecer as dúvidas e resolver os problemas da audiência de maneira efetiva.

Contar histórias

Todo mundo gosta de história, com base nisso, para que o conteúdo seja mais interessante e humanizado, nada melhor do que investir em estratégias como storytelling para se conectar com as pessoas e seus sentimentos.

Trata-se de uma ação que ajuda a contar histórias dentro das estratégias de marketing, e uma distribuidora de temperos e condimentos pode se basear em roteiros de filmes para despertar a atenção das pessoas e engajá-las.

Apresentar a equipe

É muito bom mostrar que a companhia é feita por pessoas porque isso humaniza ainda mais o conteúdo e todas as outras ações trabalhadas por ela.

Quando a marca mostra quem são os profissionais que fazem parte do seu dia a dia, por exemplo, pelos stories do Instagram, os seguidores se identificam mais e compreendem quais são as etapas do trabalho dentro da companhia.

É uma maneira inteligente de fortalecer o relacionamento, tendo em vista que vídeos sobre os bastidores da empresa sempre costumam fazer muito sucesso.

Não falar apenas sobre as soluções

Uma empresa especializada em projeto fachada de loja deve variar os assuntos abordados porque, embora as pessoas gostem de acompanhar as novidades sobre produtos e serviços, não querem receber apenas esse tipo de informação.

A organização precisa saber como entreter e educar os consumidores, por meio de conteúdos relevantes nas redes sociais, site institucional, blog, e-mail, entre outros canais usados pela empresa.

Importância de humanizar os conteúdos

Depois de entender o que fazer para humanizar os conteúdos do negócio, é normal querer compreender por que isso é tão importante para as empresas.

Em primeiro lugar, materiais humanizados têm mais facilidade para se conectar com as pessoas e fortalecer o relacionamento entre a empresa e o público.

Quando o consumidor acessa o conteúdo pela internet, não quer perder tempo com algo que não tem valor, como no caso de um texto superficial e genérico.

Quem pesquisa alguma coisa na internet, por exemplo, sobre empresa de zeladoria e portaria, pode estar interessado em contratar esse serviço, mas antes, preciso esclarecer uma série de dúvidas.

Também existem aqueles usuários que fazem pesquisas para se entreter, mas independentemente de qual seja a necessidade do público, o material precisa cumprir bem sua função.

É assim que as estratégias de marketing vão se fortalecer, ao passo que o consumidor começa a confiar mais na marca. Isso acontece porque ela mostra que compreende as necessidades das pessoas e que é capaz de ajudá-las.

O público se torna muito mais engajado porque a corporação é capaz de oferecer alguma coisa que realmente seja do interesse desses indivíduos.

Ao longo do tempo, o envolvimento se transforma em fidelidade, algo que aumenta ainda mais as vendas e o faturamento do negócio.

Se um centro veterinário 24hrs tiver alguma dúvida acerca da eficácia do conteúdo humanizado, basta acessar a pesquisa da Salesforce que mostrou que 73% dos consumidores esperam que as empresas compreendam suas expectativas e necessidades.

Entretanto, ao mesmo tempo que tantas pessoas esperam que isso aconteça, apenas 51% acreditam que as marcas conseguem fazer isso. Ou seja, existe uma diferença grande entre o que realmente acontece e as necessidades do público.

Tais expectativas são ainda mais acentuadas quando se pensa sobre a geração atual e as próximas gerações. Não importa se este consumidor está interessado em contratar estúdio para ensaio ou comprar um produto no supermercado.

No entanto, o que realmente importa é criar materiais voltados para as pessoas e suas dores para que elas possam realmente se sentir satisfeitas.

Outro relatório emitido pela Deloitte mostrou que o marketing focado no cliente aumenta o branding e o relacionamento com o público, além de trazer excelentes retornos financeiros.

Para se ter uma ideia, quando a companhia é centrada no cliente, consegue ser 60% mais lucrativa do que aquelas que não são.

Considerações finais

Os conteúdos humanizados são estratégias que melhoram muito a comunicação entre a empresa e os consumidores e fazem com que as pessoas percebam que existem outros seres humanos por trás da marca.

Trata-se de uma prática fundamental para as estratégias de marketing de qualquer negócio e capaz de fazer com que os clientes se sintam mais satisfeitos e confiantes sobre a empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe